Benefícios do Colágeno na saúde e no corpo, saiba mais…

Benefícios do Colágeno na saúde e no corpo, saiba mais…

Enquanto a maioria das pessoas associa a palavra colágeno com tratamentos de pele e loções extravagantes (obrigado, marketing), é muito mais do que isso. Sim, irá melhorar a sua pele e unhas se estiver interessado nisso, mas também protege o seu cérebro, coração e sistema digestivo.

Como identificar a falta de colágeno no corpo

Antes de citarmos os benefícios do colágeno, é importante que você saiba como identificar a falta dele no organismo. Vamos ao teste? Primeiro, coloque as mãos sobre a ponta do seu nariz ou orelha.
Note que eles são bastante maleáveis, mas, ao mesmo tempo, são resistentes. Podemos dizer que esse é o resultado do colágeno, que também está presente nessas duas regiões. Ele é uma estrutura tão firme que pode, até mesmo, resistir a mais tensões que um fio de aço!
Como citamos acima, ele é produzido de forma natural no organismo. Porém, tem grande tendência a diminuir conforme a idade avança. Isso acontece, normalmente, após os 30 anos. Nesse período, já é possível notar sintomas sutis de flacidez. A falta de colágeno é chamada de colagenose, e pode levar a sérios problemas.

Veja os principais sinais que a colagenose apresenta:

    • envelhecimento precoce da pele;
    • rugas;
    • flacidez;
    • dores articulares pelo enfraquecimento das cartilagens;
    • inflamação nas juntas musculares;
    • aparecimento de estrias;
    • diminuição da espessura dos fios de cabelo;
    • pele fina e desidratada;
    • surgimento de linhas de expressão;
    • má formação nos ossos, etc

Conheça alguns benefícios do colágeno

Agora que você já sabe o que é o colágeno e como identificar a falta dele no organismo, conheça os alguns benefícios que ele apresenta para a saúde e para o corpo.

Auxilia no tratamento de cicatrizes

O colágeno também é muito usado para tratar cicatrizes, principalmente as que foram causadas pela acne. Conforme a pele envelhece, ela pode cicatrizar mais facilmente, mas com marcas profundas e acentuadas. A injeção de colágeno nessas regiões minimiza ou até mesmo elimina essas marcas.

Favorece a saúde dos dentes

Os benefícios do colágeno não são apenas para a pele. Na realidade, o consumo dessa proteína ajuda a deixar os dentes mais fortes. Além de também deixar os tendões mais resistentes, unhas e cabelos mais bonitos e saudáveis.

Proporciona ótima condição hormonal

Rico em glicina, um aminoácido que é eficaz para a desintoxicação do fígado, o colágeno também é um precursor da glutationa, antioxidante abundante do organismo, responsável por equilibrar o estrogênio do corpo. Ou seja, beneficia (e muito) a saúde hormonal, até mesmo em casos de mulheres que fazem a reposição hormonal.

Fortalece os músculos

O colágeno também possui uma fonte rica de aminoácidos que favorecem a manutenção do tecido muscular do corpo. Quando usado por atletas, ele melhora o desempenho e ainda faz com que os músculos se recuperem mais rápido.

Proteção do cérebro e da doença de Alzheimer

Antes deste estudo, os cientistas sabiam como o colágeno, a cartilagem e o músculo estavam entrelaçados, mas eles não sabiam que os neurônios no cérebro também eram uma fonte rica de colágeno IV.
Ao aumentar o colágeno, eles aprenderam, você poderia criar uma forma de proteção para o cérebro que combata as mesmas proteínas beta-amilóides que atacam os neurônios e causam a doença de Alzheimer.

O colágeno forma um escudo que impede que as proteínas beta-amilóides tóxicas se liguem aos neurônios suscetíveis, o que ajuda a manter seu cérebro seguro e reduz o risco de degeneração.

Colágeno também mostra os mesmos resultados promissores quando se trata de sua saúde do coração.

Previne e ajuda a tratar doenças cardíacas

Durante um estudo, os participantes receberam tripeptídeo de colágeno duas vezes ao dia, enquanto os cientistas mediram os níveis séricos de lipídios e o índice vascular cardio-tornozelo, que rastreia a rigidez arterial, ao longo de seis meses.
Aqui está o que aconteceu com os participantes como resultado:

Houve uma redução significativa na sua taxa de colesterol (lembre-se, uma proporção maior aumenta o risco de doença cardíaca)
Todos os sujeitos reduziram seu índice vascular cardio-tornozelo. Com essa pesquisa, os cientistas foram capazes de provar que o colágeno pode prevenir e ajudar a tratar doenças cardíacas, mantendo seus vasos sanguíneos flexíveis. Artérias e vasos rígidos foram conectados a maiores chances de ataques cardíacos e derrames, assim você precisa de um grau de elasticidade.

E isso ainda é apenas o começo. Como você verá a seguir, o colágeno também pode melhorar a capacidade do seu corpo de manter uma excelente saúde digestiva também.

Cura Síndrome do intestino irritável

Síndrome do intestino irritável (ou IBS) e síndrome do intestino permeável são duas condições dolorosas em que o trato digestivo e o revestimento do estômago estão tão inflamados e irritados que os alimentos e substâncias tóxicas retornam à corrente sanguínea em vez de serem processados.

Isso não apenas produz uma série de sintomas desconfortáveis, como gases, inchaço, fadiga, dores de estômago, diarreia e constipação, mas também mata a absorção de nutrientes.

Então, ao invés de ingerir todas as vitaminas e minerais da comida que você come, tudo passa pelo seu sistema.

Embora existam muitas opções de tratamento disponíveis para ambas as condições, uma das melhores maneiras naturais para iniciar o processo de reparação é usando colágeno – especialmente na forma de caldo de osso.

Com isso, você está recebendo uma enorme dose de colágeno biodisponível, o que significa que seu corpo pode rapidamente usar essa proteína e outras vitaminas, minerais e aminoácidos importantes (também conhecidos como blocos de proteína) que vêm com ela.

São esses os principais ingredientes que ajudarão a reduzir a inflamação no revestimento do estômago e ajudar a cicatrizar.

Um estudo também descobriu que pacientes com IBS testaram baixa para colágeno IV. Então, adicionando isso à sua dieta, se você sofre de síndrome do intestino irritável é uma obrigação.

E quanto aos leitores que não sofrem com essas condições? Você ainda deve consumir colágeno para a saúde intestinal?

Absolutamente!

A menos que você queira continuar cansado, com prisão de ventre, mentalmente lento ou com um surto ocasional de diarreia.

O stress, dietas pobres em nutrientes, medicamentos prescritos, muito álcool e falta de exercício ou um estilo de vida sedentário podem perturbar o equilíbrio natural do seu intestino.

Em vez de chegar a esse ponto, você pode adicionar colágeno à sua dieta para evitar que isso aconteça completamente. 

Alivio da dor nas articulações e no joelho

Você não precisa ser um atleta para sentir dor nas articulações. Mesmo que seu trabalho o mantenha acorrentado à sua mesa ou fique de pé o dia todo, a dor nas articulações é algo que pode surgir de tempos em tempos. Algumas pessoas são tão sensíveis que até o tempo frio é suficiente para endurecer suas articulações.
A boa notícia é que as primeiras pesquisas mostram que o colágeno pode proporcionar alívio natural.

Neste estudo de 24 semanas, controlado por placebo, duplo-cego, os pesquisadores deram suplementos de colágeno para atletas sem quaisquer doenças articulares para ver como isso afetaria tanto os seus níveis de cartilagem e dor. Os resultados provaram que o suplemento de colágeno foi suficiente para reduzir a dor em repouso, quando em pé, levantando e carregando objetos pesados.

As alterações foram ainda mais visíveis em pacientes que começaram a mostrar sinais precoces de inflamação articular.

Embora mais pesquisas ainda sejam necessárias, este estudo suporta a possibilidade de que o colágeno também possa ajudar a retardar a deterioração das articulações em indivíduos de alto risco, como aqueles com artrite ou artrite reumatoide, e isso é promissor.

Outro corpo de ensaios examinou o colágeno no que se refere à dor no joelho. Após 180 dias, os participantes do estudo apresentaram menores escores no índice de osteoartrite e menos dor, rigidez e limitações físicas.

Melhora a elasticidade da pele

Além de limitar sua exposição ao sol e beber muita água, você provavelmente já está familiarizado com as alegações sobre as propriedades anti-envelhecimento mágicas do colágeno para a saúde da sua pele.

Mas o que a pesquisa diz?

Neste primeiro estudo, os cientistas queriam ver como o colágeno afetaria os peptídeos de colágeno encontrados na pele.

O estudo duplo-cego, controlado por placebo, foi realizado em 69 mulheres com idade entre 35 e 55 anos, durante oito semanas.

Em comparação com o placebo, as mulheres que tomaram o suplemento de colágeno mostraram diferenças notáveis ​​na elasticidade da pele.

O que é ainda mais interessante é que as mulheres mais velhas do grupo do colágeno experimentaram melhorias mais notáveis, possivelmente porque seus níveis de produção de colágeno eram muito menores para começar devido à sua idade.

Os cientistas também notaram mudanças positivas nos níveis de umidade e secura da pele do participante, no entanto, não foi estatisticamente significativo o suficiente para relatar.

Outro grupo de pesquisa estudou dois ensaios clínicos de colágeno e descobriu que a suplementação oral não apenas resultou em melhores níveis de hidratação da pele em apenas oito semanas, mas a densidade de colágeno também aumentou significativamente após quatro semanas.Aqui está o porquê:
Quando esta forma de colágeno é ingerida, é imediatamente absorvida pelo seu intestino e é enviada diretamente para as articulações e para a pele através da estrada que é a sua corrente sanguínea. Assim, os participantes do estudo que consumiram o colágeno hidrolisado em vez de um placebo notaram uma diferença na elasticidade da pele e nos níveis de umidade em apenas um mês.
Há também mais um benefício positivo em aproveitar o colágeno todos os dias:

Diga adeus às unhas quebradiças e quebradas

Felizmente, o colágeno pode ser capaz de consertar isso, ajudando a fortificar as unhas para que elas não se tornem frágeis e propensas à quebra.

Neste pequeno, mas recente estudo de 25 pessoas, os participantes receberam uma dose de 2,5g de um peptídeo de colágeno por dia durante 24 semanas. Isto foi seguido por um período de “off” de quatro semanas.
Os pesquisadores mediram por quanto tempo as unhas dos participantes cresceram e com que frequência elas lascaram ou racharam durante esse período.

Aqui está o que eles encontraram:

Aumento de 12% no crescimento das unhas
42% de queda nas unhas quebradas
64% de melhoria geral em unhas anteriormente quebradiças
Além disso, 88% dos participantes também relataram que essas mudanças positivas foram visíveis em apenas quatro semanas!
Aqui estão alguns outros alimentos que podem ajudar seu corpo a criar mais colágeno:

Salmão selvagem
Bacalhau
Atum
Ovos
Amendoim
Abacates
Verduras frondosas como couve e espinafre
Bagas
Alho
Sementes de Chia
Sementes De Abóbora

Agora que você compreende os benefícios da adição de colágeno à sua vida e sabe como é fácil consumir alimentos para ajudar seu corpo a produzir mais, é hora de começar a prestar atenção ao seu nível de ingestão.

Faça já seu pedido em nosso site.

Para fazer seu PEDIDO e CADASTRO de NOVOS Distribuidores dos Produtos Marita chama pelo link abaixo no CHAT direto do WHATSAPP:

http://bit.ly/2tRbiiq

O colágeno representa quase 30% de toda proteína que existe no corpo humano. Não é à toa que seu consumo em forma de alimento ou suplementação é tão recomendado por diversos médicos.

Nossas Redes Sociais:

Esse artigo NÃO substitui a consulta médica tenha sempre seus controles médicos em dia para uma vida plena, busque sempre um profissional da saúde para lhe acompanhar. 

Referências para esse artigo:
FONTE da Foto principal: folliage
Fonte dos Artigos usados: perfectketo , redefacilbrasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

× How can I help you?